top of page

Câmera Pan Tilt: a evolução de uma câmera comum


Câmera Pan Tilt.


Neste projeto o desenvolvedor encontra um problema ao precisar de uma câmera que grave o seu ambiente de trabalho por completo (360º). Desta forma, a solução que encontra é transformar uma máquina fotográfica em uma câmera de vídeo profissional, também montar uma estrutura que possibilita a movimentação dela horizontalmente e verticalmente. Para isto, ele utiliza de vários aparatos existentes no Laboratório Living Lab.


O local de trabalho do criador do projeto possui vários maquinários e estruturas de oficina e é acompanhado online mundialmente, porém com uma câmera comum não é possível enxergar um parâmetro completo do local. Sendo assim, visando apresentar melhor o escritório, ele realiza a transformação desta câmera comum.


A câmera de vídeo criada recebe o nome de Pan Tilt. Primeiramente é desenhada uma case, fabricada a partir de impressão 3D, com os materiais: ABS na cor preta e verde e PLA na cor amarela, a case se encaixa no suporte da máquina de fotografia para auxiliar em sua movimentação. Em seguida também é necessário montar um suporte para os motores, para que a rotação do motor seja aproveitada para movimentar a câmera.


Na parte eletrônica, o desenvolvedor do projeto cria um circuito impresso, chamado placa de PCB, que compacta e otimiza o Hardware (conjunto de peças eletrônicas que montam o aparelho), ele monta este circuito com a Fresadora de Precisão. Após isso, ele revisa os códigos de programação gerados pelo aparelho, para garantir seu funcionamento adequado.



Circuito eletrônico da Câmera Pan Tilt.


Também monta uma bandeja de compensado naval de 15mm, que é lixada, selada e envernizada para dar acabamento, junto a ela um suporte para acoplar a Pan Tilt e executar a sua exposição.












10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page